Wednesday, July 08, 2009

9. nao queria contar mas vou

fui assaltada no metro. e so pensava: mas sai do brasil pra ser assaltada na europa? que buceta.

y mira, nao foi roubada, tipo ops sumiu a carteira. fui assaltada.

mas sabe que quando a tristeza passa, fica tudo bem. e' como um wake up call, que a europa e' europa mas ainda e' planeta terra. acho que deus mandou essa experiencia no comeco pra me dar um seligue e evitar grandes decepcoes quando eu ja estivesse achando que estou no paraiso.

lisboa e' mesmo muito intensa. veja. em uma semana, tudo aconteceu. do amor ao terror. ao amor de novo.




y ahora...

andalucia!

6 comments:

Clarisse said...

Na primeira vez que fui a Europa fui furtada em Madri, e tomei um chute de um cara pra quem neguei um cigarro (5 euros, pô) em Paris.Fiquei com a mesma sensação... Mas no fim das contas só ficam as coisas boas e as fotos bonitas;)
to amando seu diário de viagem.

Paula said...

Ivi,

estou adorando ler sobre a sua trip. Esse lance de ter sido assaltada foi foda mesmo. Mas não amoleça, continue se divertindo...

Um cheiro.

Fabi said...

Simbora nêga, m* acontecem e a vida é dinâmica demais pra se fixar em somente um acontecimento baixo astral entre tantos lesgais! Na verdade, passei pra dizer que fuço aqui quase todos os dias e que sou super dependente do Vodega Barata. Ah,qdo quiser um pousinho aqui em Floripa é só gritar, ok! :)

ju said...

oi ivi! morei 2 anos em Granada, uma cidade linda da Andaluzia. Se tiver oportunidade, nao deixe de visitar. e sim, eu tb fui roubada logo qd cheguei na europa...
bjo

Diogo Ferreira said...

aaah, cada post seu só me dá mais vontade de viajar logo. vou passar 10 meses em Lisboa a partir de setembro ^^

Gi R. said...

Dona Vodka, super adorei o "e' como um wake up call, que a europa e' europa mas ainda e' planeta terra" Vim até a senhorita pra dizer que vou ctrl c ctrl v essa parte no meu twitter, devidamente creditado pois, muita gente acha o paraíso as europa (e é) mas não deixa de ter seus pobRema como em qqer canto.

adoro, continue com as narrações da aventura européia!
beijos!