Wednesday, August 27, 2014

geografia 3 - da bibliografia e da auto-ajuda

enquanto rola o saldão especial patrocine um tcc, sigo mosrando para vocês aqui o processo de elaboração da monografia, para vocês saberem onde estão enfiando vosso dinheiro. nos próximos dias vou mostrar um pouquinho dos livros que li durante a feitura do TCC. aí vai!



1. roteiro para construir no nordeste - arquitetura como lugar amenos nos trópicos ensolarados

fiquei sabendo da existência dessa trabalho quando assisti o excelente excelente excelente recife frio. é uma tese de mestrado escrita por armando de holanda, em recife, em 1976. e o que é maravilhoso nessa tese é, mais do que o conteúdo, sua forma: parece um livro de poesia.







2. labyrinth - ein buch in vier vortraegen 


outro tipo de tese poética, em que os autores (olaf nicolai jan wenzel) tentam entender que caralhos é um labirinto e suas implicações. na opinião deles e na das pessoas que ele citam, o labirinto não é senão a cidade e a primeira análise dos fenômenos urbanísticos e arquitetônicos de que sem tem notícia.

meu amigo manuel wetscher, o austríaco, me emprestou o livro quando eu estava numa encruzilhada conceitual entre seguir fazendo meu TCC imitando uma pesquisa arqueológica, ou em forma de livro de poesia.

eles citam muito um historiador de arquitetura, jan piper: "não seria o labirinto outra coisa senão a compreensão da cidade através do mundo não-urbano das sociedades indo-germânicas?". segundo piper, o labirinto era, para os gregos, o símbolo da nova experiência urbana que eles viviam então.

eu fiquei me perguntando: quem seria o teseu e quem seria o minotauro de recife?

ele segue: "essa surpresa diante do urbano é uma experiência que se repete desde cnossos. a cidade se mantém como algo monstruoso. ela é movimento, surpresa, impossível de se compreender em sua totalidade, variedade, complexidade e, claro, artificialidade. ela vai sendo estruturada através do inchamento invisível, comunicação confusa (com seus habitantes), e através de sistemas de movimentacão confusos (que não exatamente levam a lugar algum, que, na verdade, mais confundem do que guiam, mais atrapalham do que ajudam a levar a algum lugar).  como um todo, uma cidade é algo impossível de se entender e difícil de imaginar."

observação: os pitacos em ítalicos são meus.


geografia 3 - post explicativo pré-saldão
geografia 3 - escrevendo em alemôo
geografia 3 - pensando a exposição

Tuesday, August 26, 2014

100 cats + humble artes foundation

feliz de ter sido escolhida para participar da exposição new cats in art photography, da humble arts foundation, baseada em NY. dá pra ver tudo online!










Monday, August 25, 2014

geografia 3 - saldão

agora vai! depois de ler todos os pormenores do nascimento do TCC, estes são os detalhes do primeiro e único saldão de 2014, edição especial "kickstarter um caralho", pra financiar o livro do dito-cujo:

1. onde escolher:
fuce o meu flickr ou escolha uma das fotos da edição especial

2. como escolher:
copie os LINKs das fotos que você quer (não adianta descrever "quero aquela foto dos corações", que não vou saber qual é).

3. finalizando o pedido:
mande email para o vodcabarata@gmail.com com os links das fotos que você quer, e os respectivos tamanhos!

os dados bancários envio por email, assim como você envia o seu endereço para postagem das fotos.

4. tamanhos e preços:
15x21 (fotos do amado flickr, assinadas, sem tiragem mas com amor): R$ 60

5. edição especial!
A4: R$ 250
A3: R$ 400 
as fotos escolhidas para a edição especial são fotos que ficaram de fora da edição final da monografia. é tipo o lado B do tcc. eu não sei se no mercado das arte pode vender o mesmo print na mesma edição em tamanho diferentes, mas eu não ligo. então cada imagem vem em tiragem de apenas 5 (que vão ser impressas de acordo co tamanho do freguês), assinadas e em papel ink-jet, com certificado de autenticação. eu mesma que faço os print nessa porra.

essas são as fotos:

clique na foto, ela abrirá em outra tab, envie o link!
isso também vale, claro, para as imagens abaixo ;)











o saldão kickstarter-um-caralho vai até 31 de setembro de 2014! corraum!

ps: essas fotos são no formato 6x6, não foram feitas com celular!

geografia 3 - post explicativo pré-saldão!

então começa hoje o primeiro e único saldão de 2014, kickstarter o caralho, para ajudar a financiar a produção do livro do meu tcc.

faz um ano e meio que divido aqui com vocês os passos do projeto, desde a época que o tema ainda era mulheres vivendo com HIV. quando, em meados de 2013, fui forçada a procurar outro tema, foi também quando as matérias sobre recife (porque ela ia ser sede da copa) começaram a aparecer nos jornais alemães. nas fotos dos artigos, eu mal pude reconhecer a cidade. eu olhava aquelas galerias de imagens e me perguntava: my god, onde tiraram essa foto?

e assim descobri meu tema: a cidade como sujeito. e sua perda simbólica, através das mudanças orgânicas na sua visualidade. eu queria fazer um livro de fotografia tipo virginia woolf fez mrs. dalloway, em que londres é o protagonista impessoal do romance, sem que o livro precise ser SOBRE londres.

a primeira parte da pesquisa foi ler, ler e ler, já que não podia ir pro brasil assim no meio do semestre. passei quase seis meses só fazendo pesquisa (a partir de amanhã tem posts aqui sobre a bibliografia).

e então em dezembro de 2013 cheguei em recife e foi um espanto. primeiro, porque não reconheci as coisas que me eram mais íntimas - a chora menino da minha primeira infância e o torreão/espinheiro da segunda.

segundo, por causa do método de trabalho que fui forçada a adotar: eu só podia fotografar das 5h às 7h da manhã - que era quando ainda não tinha carro na rua, nas calçadas e dentro do meu sutiã (alok). ou seja, não era somente a questão da arquitetura, mas também da presença dos carros violando a paisagem urbana.

no decorrer do processo, veio outro elemento fundamental, realmente divisor de águas no conceito do TCC: descobrir os álbuns que meu pai produz, com fotos e mais fotos dele mesmo, desde os anos 70. minha tese inicial - a da perda simbólica através do estranhamento - foi reiterada quando dei de cara com aqueles álbuns, que também testemunhavam uma outra perda - o do referencial paterno, através das mudanças orgânicas na visualidade do homem.

recife se torna uma espécia de nome-do-pai para falar sobre o pai, e vice-versa. eita é muita terapia na cabeça da bichinha!

essas duas entidades camaleônicas - a cidade e o pai - são a alegoria que eu uso para falar disso, de perda. por isso andei tão obcecada com elizabeth bishop e seu livro geography III (daí o nome da série de postagens sobre o TCC), no qual ela trabalha constantemente com a ideia de pertencimento. é neste livro que está incluído o poema one art, talvez a peça central na minha bibliografia.

a epígrafe de geography III é uma citação de um livro didático de geografia, e esta epígrafe serviu de inspiração para o título do meu TCC, que será erste Lektionen in Hydrologie (und andere Bemerkungen) - em portugues "primeiras lições em hidrologia (e outras anotações).

esse texto todo é pra dizer que mais tarde começa o saldão. funciona como sempre funcionou, mas tem novidades: não tem mais fotos 10x15, mas para isso tem edição especial A4 e A3 e não tem mais frete (tá tudo incluído no preço final que não sou instituição de caridade HAHAHA).


conto ca ajuda de todo mundo! té mais tarde!


geografia 3 - pensando a exposição

bom dia!

let me sit this ass on you na cara dos machistas!


vovó knowles

beyoncé de queiroz



Sunday, August 17, 2014

Friday, August 08, 2014

geografia 3 - pensando o carai da exposicao

sabe monóculos? pois! aqui na alemanha não tem e como essa forma de ver fotinhos está intimimamente ligada com a minha infância em recife, pensei em usá-los na exposição. já não vai ser assim, decidimos eu e ute mahler (minha orientadora), mas mostro pra vocês os testes feitos:


para os testes de apresentação, eu precisei passar o negativo para positivo,
procedimento que custou muita paciência da minha parte e 
acabei mandando fazer (o que custou claro muito dinheiro haha)




é isso assim que a pessoa vê


os monóculos são um oferecimento da minha amiga jana rosa, que trouxe eles de são paulo pra mim. muito obrigada, fia!









Thursday, August 07, 2014

geografia 3 - os livros da biblioteca de annegret, parte 2

ontem mostrei a primeira parte de uma mini-seleção das coisas maravilhosas na biblioteca da annegret, hoje mostro a segunda e última parte.


1. extraits des essais, montaigne







2. a república, de platão, em edição de 1920. fiquei intrigadíssima com a estrela de davi na capa.







3. romancero español, uma coleçãozinha linda de livrinhos de bolso, de 1946, com capa dura de couro e papel de bíblia todo trabalhado da lombada! eu morri!












4. taschen atlas der ganzen welt, de justus perthes. livrinho feito em 1943 ainda durante o regime nazista, que mostra os domínios do reich. afff...











e a galera quase toda junta (mais garcia lorca e cervantes)







Wednesday, August 06, 2014

geografia 3 - os livros da biblioteca de annegret, parte 1

eu nunca vi biblioteca particular igual a da avó de jacó, com coisas maravilhosas e em edições maravilhosas produzidas no século 19 e outras velharias maravilhosas. espirrei tanto!

fotografei vários deles porque nao sei qual o mais lindo que o outro, e porque vou usá-los de referência pro lay-out do tcc.

1. Die Bibliogenie oder die Entstehung der Bücherwelt, em edição de 1942








2. bismarck por dietrich schaefer, edição de 1917









3. eros und die evangelien - aus den notizen eines vagabunden, edição de 1921











geografia 3 - um dummy véi que inventei de fazer
geografia 3 - a máquina de escrever