Saturday, October 31, 2009

de volta a köln


129. (...) can we really live without each other?


qual sentido de tirar fotos se elas não matam saudade?

mais köln, no flickr.

§

vocês já fizeram as encomendinhas de vocês no saldão do ivetão?

cris fez, flavia, anna h, bianca b, gigi, brisa, maria fernanda e paula s (cliente antcheega!) também! SÓ SUPAH STAH!

§

um beijo pra leitorinha olívia, que falou comigo no armoço vegetereeano na rodésia! :*

Thursday, October 29, 2009

Saldão da Ivi - 2ª edição!

Leitorinhas e leitorinhos!

O Saldão da Ivi está de volta!

A primeira edição dessa venda de sobras de arte tinha como objetivo fazer um feng shui dos meus arquivos e, de quebra, ainda ajudou nas despesas da minha linda viagem do amor. Agora, o Saldão volta com fotos novas que, vale dizer, vocês fizeram existir: as fotos das Oropa!


As regras continuam as mesmas E OS PREÇOS TAMBÉM!


Então, vamos lá:

1. Eu tenho em casa seis milhões de fotos, novas e antigas, em vários tamanhos. Tem retratos de famosos, retratos de fashionistas, fotos da época do Sobrado!, backstage de desfile, paisagens, gente pelada e mais um milhão de auto-retratos. E tem também sobras de exposição - os panos da Sexy Back, os auto-retratos da Llussá, fotos-prova do meu portfolio etc.

2. Caso você já saiba o que quer, pode ENCOMENDAR! Você escolhe a foto no meu Flickr e me manda um email com os links das fotos escolhidas, dizendo em qual tamanho você quer. Além disso...


3. O Flickr do Saldão continua existindo. Lá tem fotos tipo Levis's 501, que combinam com tudo: paisagens e flores. Boas para enfeitar sala, banheiro, corredor e hall HAHAHHA. No mesmo Flickr, tem também fotos das fotos do meu arquivo. Tem algumas que até já estão emolduradas.

4. Aqui vão os tamanhos disponíveis e os preços:
9x12: R$ 6
10x15: R$ 10
13x18: R$ 15
17x25: R$ 18
20x30: R$ 21
25x38: R$ 35
As sobras de expos e as já emolduradas vão ter preços DIFERENCIADOS hahaha. E não esqueçam dos R$ 5 de frete!
4.1 Atenção: algumas fotos só estão disponíveis até o tamanho 10x15.
4.2 Todas as fotos vão assinadas. Então, daqui uns anos, você leiloa "um Adelaide Ivánova" na Christie's e fica milionário. HA!

5. E se a foto que você quer é uma que tirei de você em si, tem desconto de 10%! hahahahahah JANA, ME AMA!

6. Os pedidos podem ser feitos até o dia 25 de novembro! Peça a sua lindeza vodcal pelo vodcabarata@gmail.com

7. Aí dia 30 de novembro você passa aqui em casa, escolhe sua foto (ou pega sua encomenda!) e ainda toma café com bolo de rolo! Num é o máximo! Éééééé!

Xau, beijos, me comprem.

é isso que eu tenho a dizer sobre o "prêmio" foda brasil


uma foto sem foco de oliveros mostrando o dedo do meio.



o iveto tá cheio dos projeto, minha gente!

IVANÇA ESPERANÇA!

um beijinho

esse post é um beijinho pra família bicudo.

babu, tu é bonita, mas fina mermo é tua mãe!

fiquei se achando ontem, doris!

:* pras duas.

Wednesday, October 28, 2009

paris (e uma foto da bélgica)


122. 10 motivos para amar montmartre: (...) 4. a placa do metrô é retrô



paris, eu je t'aime dich nicht, mas como tu sai bonitinha nas foto.


§

e aí, vocês já estão fazendo suas escolhas do II Saldão da Ivi?

pai de leonina!

minha genty!

papai é o coordenador geral do primeiro congresso internacional de antropologia da universidade federal rural do meu pernambuco.

mas isso não é importante.

o importante é que ele não somente cuida do evento como APARECE NO FOLDER DO DITO-CUJO!


esse é meu pai!


quem fez o retrato de são caesar matando o dragão da ignorância foi fábio moreira.

quando eu criar o primeiro congresso internacional de jogar merda no ventilador das moda eu também vou aparecer no flyer!

pai de leonina, geminiano é!

Monday, October 26, 2009

SAVE THE $$




a vida é muito curta pra foto feia (e seu sofá merece uma foto bonita pra combinar com ele!).

mais infos em breve.

Saturday, October 24, 2009

canon 2.55

eu não sei nem por onde começar esse post. tenho três coisas para falar, que se complementam.

1

esses dias eu fui tirar uma foto numa loja, e a irmã da fotografada começou a puxar assunto comigo sobre foto. ela disse que fotografava também mas que ela era muito ruim, não sabia fazer nada direito, bem naquele tom de quem está louco para ouvir um elogio.

eu, contrariando as expectativas dela, apenas respondi: "eu também sou muito ruim".

aí ela me perguntou que equipamento eu usava. e eu disse: "uma nikon d50". aí ela fez uma cara de falsa modéstia e disse: "ah, eu uso uma 5dêzinha". 5dêzinha? MEU CU!

para as leitorinhas que não entendem muito de foto, a 5D é uma câmera da canon profissional que tem 13 mega e custa 2,5 mil dólares na gringa (só o corpo, sem a lente).

eu uso uma câmera de seis megapixel porque sim, seis megapicsseis são suficientes pra mim. eu não faço publicidade, não faço grandes ampliações, não gosto de carregar peso e não gasto meu dinheiro com coisas que não preciso. quando eu expliquei que minha câmera oficialmente semi-profissional cumpria muito bem com suas (e minhas) obrigações, a moça fez uma cara de cu como quem diz "que pobre".

depois, no decorrer da foto, essa moça ficou contando pra irmã dela que tinha comprado cinco bolsas da chanel na semana anterior, que tinha gastos não seis quantos mil reais na nk store no dia anterior e que no dia seguinte ia na daslu comprar um vestido de não sei qual marca gringa que ela tinha gostado. a mulher só fez falar das coisas que ela tinha ou queria comprar.

aí entendi que, para essa moça, ter uma 5D é tão importante quanto ter uma bolsa chanel para se amostrar. ela não quer saber do que ela precisa, ela quer saber do logo, do charme que ela pode fazer com aquela porra a tiracolo.

qual a graça de se amostrar com uma digitalzinha de seis mega? nenhuma! assim como não dá nenhum status andar por aí com uma bolsa da c&a.

(e vale dizer outra coisa muito importante: não é só patricinha que dá valor à marca das coisas. fotógrafo também dá importância a isso - os de evento especialmente. o tratamento que você recebe dos colhega às vezes pode ser bem hostil, quando você tá clicando uma festa da merda com uma d5o. uma vez, num spfw da vida, um moço de um jornal importante de são paulo olhou pra mim, me viu clicando com o flash da câmera (é, eu gosto) e perguntou: "nossa mâno como cê fotografa assim?". eu respondi: "com o dedo". uai. eu aperto o pitoco com o dedo, não com um flash dedicado do meu cu. não me amostro quando tô trabalhando, só quando tô no bar e quero falar as melhores frases de efeito!).


aí, ó. é tudo que eu tenho.

aí hoje estava lendo uma entrevista com scott schuman, o sartorialist, na vogue uk (eu gosto muito das fotos dele, vale dizer). e ele disse que clica com uma 5D. aí eu corri no blog de garance doré pra ver se descobria qual câmera ela usa e pá! uma 5D também!

entendi tudo: o que quer essa menina, que diz estar tentando uma carreira nas moda, é fazer parte da tchurma. não sabia por onde começar e criou um blog e comprou a câmera da hora, para fotografar sapato em estante. no automático.

aí partimos para outra discussão que eu amo!

2
antes de mais nada: fazer uma foto com a câmera no automático não diminui em nada uma foto. meu cu pra quem acha o contrário.

agora, se for pra clicar no automático, por que não comprar uma câmera simples, que não vai lhe dar status algum, mas que vai servir perfeitamente pros seus propósitos?

deixa eu dizer umas coisa:
1. eu fotografo no automático. e eu sou muito importante pra história da fotografia, todos sabemos. HA.
2. helmut newton fotografava no automático também. e com uma câmera de 35mm (achavam que ele usava médio formato, tolinhos? NEIN!)
3. terry richardson e juergen teller também.

não é saber abrir e fechar uma diafragma que faz alguém mais fotchógrafo do que outro alguém.

3
aprendi com simonetta que todo mundo é fotógrafo hoje em dia sim. e daí?

semana passada, no workshop de martial cherrier no itaú cultural, rafael assef comentou que hoje todo mundo tem uma lomo e acha que é fotógrafo. preciso deixar claro antes de continuar tagarelando que gosto muito do trabalho dele, mas essa colocação achei bem ingênua. os pessoal fica histérico com isso, "agora todo mundo acha que é fotógrafo". uai, e num é? quem faz foto é o quê, por um acaso? engenheiro é? não!

quem quer ter profissão incomum vá ser astronauta! que não dá pra comprar foguete nas lojas americanas. mas câmera dá.

conclusão
fica a dica para a moça da "5dêzinha": em vez de querer começar suas viagens com um foguete, que tal começar com um aviãozinho de papel? não tem vergonha nenhuma nisso.


ninguém tira foto com bolsa da chanel.

google fight entre eu e eu merma!



IVETO CANIVETO GANHOU!!!!!!!!!

Friday, October 23, 2009

berlim azul, berlin blues, blau berlin.

berlin é azul e mora no meu coração.





meine Lieblings-Platz in der Welt.
depois do coração do meu alemôo.
no flickr.

subjekt:

"jemand denkt an dich".




como se eu já não soubesse...

der Wand, die Wände (fotonovela)

no dia da festa da minha blogayra preferida...


... eu dei pra ela de presente uma foto. que ela pendurou na Wand novaiorquina dela e me mandou uma foto mostrando como ficou:


isso me fez lembrar do desenho que armin me deu e que eu já pus na minha Wand:

um porco auto-flagelativo com uma máscara de gás.

o que eu mais amei nesse desenho (além dele ter sido feito pelo meu seromano preferido) é que ele já foi logo botando os preço da obra. queria eu ser decidida assim quando (tento vender) vendo uma foto.


muito há de se aprender com esses lêoos.

Wednesday, October 21, 2009

não sou somente eu que acho steven meisel tabacudo.

helmutão acha também!

LEETA: A lot of photographers in the ‘90s copied your style, using hard flash, hotel rooms, cars, even dogs.
HELMUT: I’ll tell you something, I’m touched if I can influence young people. I was influenced by Brassai, by Erich Salomon — they’re the people that I admired when I was very young. In fact, I still think there’s some Brassai in my photography — which is a good thing. But what really pisses me off is when famous photographers do it. I’m not mentioning names, but I’m thinking of a Versace campaign. You know the photo of the woman with the garters?
LEETA: You mean Steven Meisel?
HELMUT: Mind you, he’s a very good photographer. But it’s a dumb way to work.



tirei dos arquivo da index.

não sou obrigada

sei que spam é uma coisa tão inevitável quanto ver perua azeda na alameda franca.

eu aceito os spam e as perua azeda.

mas tanto pra spam quanto pra perua azeda, tudo tem limite:


não é engraçado

mainha, te amos

recebi um email que mamãe mandou pra mim e minhas primas:

"Este é o anjo da abundância. beijos meus amores.








cafona é seu furico. minha mãe é o máximo.

fudeu

ontem eu chorei - e não foi pouco - ouvindo guilherme arantes.



é.
fudeu.



também, minha gente, ó a letra:
Pra que ficar juntando os pedacinhos
Do amor que se acabou?
Nada vai colar
Nada vai trazer de volta
A beleza cristalina do começo
E os remendos pegam mal
Logo vão quebrar
Afinal a gente sofre de teimoso
Quando esquece do prazer
Adeus também foi feito pra se dizer



já tô chorando de novo.

Tuesday, October 20, 2009

eu na hint




aqui.
xau.
You tend to shoot a lot of your work in the same location do you think this has shaped your aesthetic?
It's not a secret that I shoot at home; its cheaper than a studio.



concordo plenamente, toyin.

Wednesday, October 14, 2009

gorda

depois de tanto vinho e tanta kölsch, eu virei uma pessoa gorda.

gorda.
uma bola.



eu sou uma vaca holandesa: das perna curta e ruliça e com um buchinho redondo que é a coisa mais linda (nas vaquinha).


mon!


eu vi tantas dessas na bélgica!

Sprachgenie

é oficial: eu sou um gênio.

fiz hoje meu teste de alemão e só acertei 16 das 50 perguntas escritas.

mas aí, meu bem, na hora do teste oral eu fiz a lhôca da buceta e falei pelos cotovelo, como se amanhã não houvesse.

quando eu finalmente me calei, Frau Num Sei Quê olhou bem no fundo dos meus olhos e falou: você fala tudo errado, mas é ousada, vai aprender rápido.

ousada pra não dizer MALHUCA.

(verrückt, em alemão)

Tuesday, October 13, 2009

voltei pra labuta

depois de três meses pensando em coisas que importam (arte, amor, vinho e comida boa) voltei pro trabalho e tive que voltar a pensar em moda.

pois bem.

a primeira coisa que quero dizer é: eu tô achando muito bom que as revista tão ficando pobre (anna wintour vai ter que se virar com 25% a menos do budget anual). que tão diminuindo o número de edições anuais (diz que, depois da i-d, agora é a w quem vai publicar menos vezes).

assim, elas vão ser obrigadas a pensar mais e escolher melhor do que elas querem falar - em vez de ficar, o ano inteiro, dizendo a gente o que a gente deve vestir (oi, elle! oi, vogue us! oi instyle! oi, MEU CU!). quer dizer, obrigadas não, né, mas bem que podiam usar a chance.

falando nisso: trouxe pra jorge a edição de outubro da vogue portuguesa. não sei se ele leu, mas eu li. e não adorei, mas gostei bastante: as pessoas que escrevem para lá citam referências bibliográficas e entrevistam professores de universidades e pesquisadores. eu sou anti-academia, mas contando que a maioria dos jornalistas de moda só conhece suzy menkes e só cita ela na hora de soar sabido, ler a vogue portuguesa deu um refresh nas minhas idéias.

xau. vou ler o kicker.de que amanhã o time de armin joga contra o meu novo-time, o fc köööln. e eu quero saber a escalação, porque cansei de ouvir gente falando de nude e jeans com jeans nessa vida.

ps: esse post é um oferecimento de fêrresende, com quem almocei no domingo e que me falou algumas coisas mudacionais de vida.

Sunday, October 11, 2009

eu queria ter escrito essa letra*

eu posso ficar acordada
só pra te ouvir respirar
te olhar sorrir enquanto tu dorme
enquanto tá longe, sonhando

eu podia passar minha vida todinha
nesse doce amanhecer
podia ficar perdida nesse momento
pra sempre

todo segundo passado com você
é um tesouro.

eu não quero fechar meus olhos
não quero pegar no sono
porque morro de saudade de tu
e não quero perder nada

(...)

e aí eu beijo seus olhos
e agradeço a jah que a gente tá junto




*mas foi steven tyler.

§

ainda bem que fêrresende me ligou e vai me levar pra almoçar, porque faz umas 16 horas que eu não paro de chorar. talvez menos, mas é tipo isso.

Friday, October 09, 2009

e pra finalizar




em berlim, fui na fundação helmut newton - mas num foi bom não. aqui eu explico por quê.

Thursday, October 08, 2009

sobre um casal de fotógrafos





mais um texto sobre minhas degustações fotográficas na alemanha. hoje, um textinho sobre o casal helmut e gabriele.

antes ele do que eu (ou não).

irving penn morreu.

tomara que ele não tenha sofrido.

eu acho mesmo que pior que morrer é ter que continuar vivo sem vontade. tipo eu, nesse momento.



um beijo irving, você era geminiano, mas eu gostava de você. brigada por tudo.

Wednesday, October 07, 2009

madrid, madrid


vocês se lembram do 14º post dessa saga?


pois. continuo sem conseguir falar sobre a espanha. mas fiz meia dúzia de fotos. tão aqui.

Tuesday, October 06, 2009

a alemanha não sai do meu Herz

escrevi para o olhavê, blog do querido-amigo-e-colhega alexandre belém, quatro textos sobre as expos de foto que vi em köln e berlin.

hoje, ele publicou o post sobre a expo de robert mapplethorpe e sobre a expo do museu ludwig.



mulher sabida

vão lá, leiam e comentem, se não for pedir muito! eu tô carente.

hablar


el guadalquivir, mi pasión española. hablé de él cuando dije que sus aguas tienen el color de los ojos de mr. betz (pero solamente en sevilla).




yo nunca había hablando tanto cuanto hablé en españa. y para callarme, fotos cordobezas.