Sunday, October 11, 2009

eu queria ter escrito essa letra*

eu posso ficar acordada
só pra te ouvir respirar
te olhar sorrir enquanto tu dorme
enquanto tá longe, sonhando

eu podia passar minha vida todinha
nesse doce amanhecer
podia ficar perdida nesse momento
pra sempre

todo segundo passado com você
é um tesouro.

eu não quero fechar meus olhos
não quero pegar no sono
porque morro de saudade de tu
e não quero perder nada

(...)

e aí eu beijo seus olhos
e agradeço a jah que a gente tá junto




*mas foi steven tyler.

§

ainda bem que fêrresende me ligou e vai me levar pra almoçar, porque faz umas 16 horas que eu não paro de chorar. talvez menos, mas é tipo isso.

7 comments:

Natalia Venturini Pessutti said...

Eu também... ainda bem que alguém te levou pra jantar... beijo.

Paula said...

Ivi, querida!

Chore o que tiver pra chorar, ficar acumulando isso só vai te deixar mais agoniada e com uma "bela" de uma gastrite nervosa.

Torço muito para que num logo mais tu possa rever o seu galego e outros sonhos...

Mil cheiros, te quero muito bem.

Paula.

Vanessa said...

Depois de chorar tudo, por que voce já nao comeca a programar a próxima viagem? E, de repente, meio que sem querer, voce pode ficar mais tempo...

Livia said...

filha, toda essa intensidade vem da distância que separa vocês! pensa que tu tem um relacionamento quase perfeito, só sobram coisas boas qdo vcs se encontram!

liana das Neves said...

Aiiiiiii.... nem te conheço mas sinto junto !

Fê Resende said...

olha a parte cheia desse copo, minha gurua da felicidade já encontrada! a vida toda tá te esperando sorrir pra então aocntecer, você sabe!!! ;-)
(amei ver meu nome assim, fêrresende!!!)

Constance Zahn said...

Quando tive a minha primeira paixão (concretizada I mean, pq as platônicas eu tinha desde os 5 anos...rs), eu tava morando na Alemanha e foi bem na época de Armaggedon!!rs

Então, essa música foi A música da nossa separação!rs (pra mim, né...)

Chorei muuuito tb...!

Planejamos tudo para ficarmos juntos. 1 ano depois voltamos à Alemanha. Ele se inscreveu na faculdade de lá (ele era espanhol) e eu fui fazer o colegial. Mas é claro que o meu coração vagabundo bateu por outro assim que cheguei na minha classe de aula... :o

Fiquei com certo remorso... mas, no final, ele fez um bom curso e ficou fluente em alemão, então não foi de todo ruim pra ele...rs

So ist das Leben... :)