Sunday, August 16, 2009

72. então essa é você, é seu aniversário e você está quebrando padrões (ou "minha primeira festa surpresa!")

eu tenho uma tendência linda de querer ficar sozinha o tempo todo porque, como já revelei aqui, sou a pessoa mais arrogante da via láctea. eu acho mesmo que às vezes é melhor ficar sozinha do que ficar com gente que não é tão massa quanto eu, porque eu sou imbecil.

então.

fui forçada a mudar meus planos de passar um aniversário de mulher madura adulta e sozinha. porque minhas amigas da escola me deram uma festa supresa de presente!

adriana é da ouisiana (a terra de britney!) e é to tal men te destrambelhada. eu estou completamente apaixonada por ela, ela é como eu quando tinha 21 anos. e erin é de nova york, do bronx, o que fez com que ela ganhasse de mim o djilicioso apelido de j. lo, apesar dela ter 200 quilos e ser mais branca que jana e antonia juntas. ela se mudou pra sicilia fugindo do ex-namorado gangster que agora está preso. o que é um pouco engraçado: foge de um gangster e vem morar na terra da máfia. sei.

pois que ontem elas me chamaram prum "jantarzinho besta". e eu pus uma roupa bem feia porque nunca imaginei que era ocasiões especiais. mas elas me meteram num táxi até giardini-naxos, uma cidade aqui do lado, onde elas tinham feito reserva num restaurante à beira-mar, a coisa mais fofa, e me deram TRÊS GARRAFAS DE VINHO de presente. a gente jantou (eu me empaturrei de linguini com cozze e vongole, meu cuuuu que delícia) e bebeu loucamente.

adriana ficou bêbada antes de mim (fatos inéditos) e começou a paquerar gabriele, o garçom. que era romeno! jana, eu falei pra ele que tu ama ciganos, e ele mandou beijos!

adriana tirou o vestido no meio do restaurante e mergulhou no mar, e depois vomitou, e a gente causou tanto e ainda assim os garçons todos nos amaram! claro, as americanas milionárias deram gorjetas de 25 euros pra CADA UM QUE NOS ATENDEU.

em certo momento da noite, depois de adriana chorar porque ama muito seu pai italiano, erin from the block me falou: você tem noção que hoje é seu aniversário e você está celebrando sozinha, milhas e milhas longe da sua casa, numa cidade estranha com duas meninas que você mal conhece. mas você está so sul da itália, você está bronzeada, apaixonada, bebendo do melhor vinho, com os garçons mais bonitos da terra. esse, sweetie, vai ser provavelmente é o melhor aniversário da sua vida.

quando a gente já estava ubriaca e indo embora, os garçons trouxeram um bolo com uma velinha azul e UMA GARRAFA DE CHAMPANHE! e eu ainda ganhei rosas vermelhas! vocês podem acreditar nisso? eu simplesmente não acredito que eu ganhei todo esse amor, e não acredito que amei tanto não estar sozinha ontem/hoje. acho que estou me tornando uma pessoa mais boazinha.

voltei pra casa bem gorda e feliz, praticando meu italiano que se resume a uma frase, que eu não falo, grito, com sotaque siciliano: MA CHÈ CAZZO FARE? (o verbo muda sempre, parlare, fumare, bere e por aí vai). o taxista elogiou meu acento, ok? adriana foi dormir porque tava muito beba. e erin foi dar uma volta na lambreta de gabriele, o cigano.

que ela é libriana. acho que librianas são chegadas numa lambreta. e leoninas são chegadas em vikings.

5 comments:

Luisa said...

Parabéns, querida!! Eu nunca comento, mas entro aqui sempre. Vc alegra os meus dias! Obrigada por escrever tão deliciosamente.
Bjo!

Kátia said...

Morri de invejaaaaaaa!!!!!!!!!!

Cilana said...

éééééééééé.
lambreta.
ma che cazzo ti guardi?
lambreta.

priscila said...

Que linda estória Ivi,cumplimenti...
Tanti auguri a te!
eeeeeeeeeeeee
Feliz teu ano novo
;)

Polly said...

"que ela é libriana. acho que librianas são chegadas numa lambreta. e leoninas são chegadas em vikings"

hahahaha

eu, de libra, confirmo!