Wednesday, March 17, 2010

exercitanto coisas simples

levei uma bronca de armin porque não sabia quem é o ministro das relações exteriores do brasil (é celso amorim, nunca mais vou me esquecer).

fiquei me sentindo super mal porque, realmente, conhecer minimamente a estrutura política do próprio país era pra ser item básico de qualquer boyzinha da classe média que fez faculdade e estudou em colégio particular e fez intercâmbio, como eu.

mas eu não sei, porque sou alienada.

então fiz algo simples: pesquisei.

vocês sabiam que a gente tem 24 ministérios e mais 14 órgãos com poder de ministério? pra quê isso tudo? para quê, por exemplo, ter um ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e outro do Desenvolvimento Agrário? para mim, parece que é só pra dar cargo prum monte de funcionário público safado que fica viajando pelo brasil pra fazer porra nenhuma e juntando milha com meu dinheiro!

e, desses 38 órgãos (somando tudo), simplesmente 17 são chefiados por gente do PT. oi?

vocês sabiam que o ministério que menos teve verba, em 2009, foi o da cultura (que recebeu R$ 1,3 milhão), e o da previdência foi o que gastou mais (R$ 239 milhões)? sabia que gasta-se mais dinheiro com projetos do ministério da defesa do que com os da educação?

essas simples olhada me fez entender um monte de coisa.

nada como exercitar as coisas simples.

11 comments:

Menina said...

ja passei por situaçao semelhante

Ao redor said...

Ivy. Você é uma fofa e a leio há muito tempo... Só queria dizer que: 1) O ministério do desenvolvimento agrário tem um caráter mais social, por isso a necesisdade de sua existência; 2) o ministério da previdência, apesar de ter esse, abrange também assistência e saúde e seus gastos se justificam pelo enorme assistencialismo existente no Brasil (você sabia que os trabalhadores rurais passaram a contribuir recentemente, mas têm direito à aposentadoria integral, que os filhos de detentos têm direito ao auxílio detenção e que as pessoas classificadas como baixa renda podem receber auxílios sem nunca terem contribuído?), e que os gastos com o ministério da defesa são plenamente justificáveis pela necessidade de renovação de armas, frotas e etc.? e que nosso exército é extremamente ativista em ações pacíficas?). Você sabia que temos uma das melhores campanhas contra aids eestruturas de vacinação do mundo? Claaaro que o fato de que cada partido que está no poder dar a maioria dos cargos "de elite" para seus integrantes não pode ser ignorado, tampouco a baixíssima verba desinado à educação. Eu não tô aqui defendendo a estrutura pública do país, muito menos o PT, mas só acho que é legal termos um pouco mais de conhecimento, para inclusive sabermos que o Brasil está caminhando pra frente, devagar e com percalsos, mas está. Beeeijos.

Dani said...

Tá vendo como vc NÃO É alienada?

Você sacou tudinho.

Ana Valéria said...

opa! boas falas por aqui! isso mesmo continue pesquisando e se interessando pelo país... não há mal nenhum nisso! é bom saber de tudinho já que vc está na idade "eleitoral"...

(esse armin é um cara legal, hein?)
(e alemão sempre sabe muito bem o que se passa no governo)

bjs

Jowzinha said...

Pois é...
Alienados são os q pesquisam, toma conhecimento, mas ms assim n refletem!!!
Cara, foi uma das melhores coisas q eu conheci na vida a política!!!
É fantástico ver o perfil político do Brasil em relações ao perfil político do mundo...
É uma coisa praticamente surreal!!!
Estou estudando política na facul e é maravilhoso!!!
Dica de leitura: Hanna Arendt!!!
Vc sabia q existe um cargo chamado Diretor de garagem q o cidadão ganha 18.000 p cuidar dos carrops do Senado?

=**, Jowzinha

Jowzinha said...

Pois é...
Alienados são os q pesquisam, toma conhecimento, mas ms assim n refletem!!!
Cara, foi uma das melhores coisas q eu conheci na vida a política!!!
É fantástico ver o perfil político do Brasil em relações ao perfil político do mundo...
É uma coisa praticamente surreal!!!
Estou estudando política na facul e é maravilhoso!!!
Dica de leitura: Hanna Arendt!!!
Vc sabia q existe um cargo chamado Diretor de garagem q o cidadão ganha 18.000 p cuidar dos carrops do Senado?

=**, Jowzinha

Marília said...

genial.

que bom seria se todos fossem alienados como tu, meu bem.

de fato, política brasileira é inacreditavelmente triste, surreal mesmo...

Alinhada // Caroline Monteiro said...

ivi querida, grande simplicidade assumir o q não se sabe e ir atrás pesquisar... se de fato faz alguma diferença para tu e as coisas com as quais vc de fato se importa!
seu sabia do celso amorim, mas também não sei de um mói de coisas que provavelmente tu sacas... "cada quar com suas ignoranças, ner"?
para mim, as pessoas alienadas são as insensíveis e egolombradas nas suas sabedorias! ;)
beijo pra ti bonita e sucesso sempre aê nas andanças!

Maíra said...

Ivi, minha flor, não é você que é alienada, é a estrutura do Executivo que é bizarra mesmo! Digo isso porque eu sou parte dela (Celso Amorim é o meu chefe, aliás) e mesmo assim tenho dificuldade em acompanhar a dinâmica às vezes.
Fora que essas coisas mudam ao sabor do governo da vez; quando você se acostuma, vem um novo e muda tudo... :-P

Nira said...

Ivi! Tenho lido o blog há algum tempo e estou amando sua "Transformação"... A série de it-girls está impagável... E olha, complementando o que a colega do primeiro comentário disse, existem estudos que mostram que não há inchaço de funcionários públicos federais, como vivem falando por aí, e como uma primeira olhada pode deixar transparecer... O funcionalismo tem aumentando seguindo a taxa de crescimento da PEA e o Brasil está na média da América Latina (em relação à quantidade de funcionários públicos) e só um pouquinha acima dos EUA, que tem uma estrutura política bastante diferente (e o povo fica apontando como exemplo de "eficiência" governamental)... Só tô te dizendo isso porque é bom a gente colocar as coisas em perspectiva para não comprar certos "mitos".

Longe de mim defender o PT, mas é da dinâmica política que os cargos de confiança (por isso levam esse nome - e aí se inclui a chefia dos ministérios) sejam dados para o partido ou para aliados políticos. A política é assim em qualquer lugar do mundo. Não tô com o discurso do "é assim mesmo, que jeito?", mas afirmando que o processo político funciona desse jeito. E não há nenhum mal nisso - os partidos têm (ou deveriam ter, pelo menos) programas e fazem escolhas políticas (que a gente referenda com nosso voto), que devem ser colocadas em prática - daí porque são aliados que estão junto deles... Mas, olha, o que disse aqui, DE JEITO NENHUM, defende o inchaço dos cargos comissionados que têm no Brasil, nem defende o PT (!), e concordo que a estrutura do Executivo é bizarra!! kkkk Isso porque a gente nem olhou para o Legislativo e o Judiciário (socorro!!)

Beijos, gosto muito do seu blog.

Nira said...

Ahh! Só mais uma coisa: é mesmo um ABSURDO o orçamento do Ministério da Cultura... Não chega nem ao mínimo indicado pelo UNESCO, que é 1% do PIB nacional... Acho (não tenho certeza mesmo) que fica em torno de 0,6 ou 0,7 do PIB, no caso do Brasil. Das nossas cidades, acho que só Recife ultrapassa o 1% para a cultura (palmas!!)

Beijo!

Uma vez, acho que num dos posts da sua viagem, perguntei se vc queria ser minha amiga... O pedido ainda tá de pé! ;-)