Wednesday, March 10, 2010

me deixe com meu recalque

eu não gosto de perder que perder é coisa de perdedor. mas preciso dividir um negócio que andei pensando.

ontem fui buscar meu portfolio não-selecionado pro programa de exposições do centro cultural são paulo. fiquei me perguntando qual a função de fazer um artista gongado ir até a vergueiro - vale dizer: no meio do horário comercial, que é a hora em artistas-peões como eu trabalham para sustentar a artice e têm que pedir pro chefe pra sair durante o horário de almoço e ficar sem almoçar e ainda tomar bronca porque demorou - pegar seu portfolio.

é uma situação meio morgada chegar lá e dizer: "oi, tudo bem? meu nome é artista gongado da silva e eu vim pegar de volta meu portfolio que não agradou".

se é pra fazer o cara ir até lá, por que não abrir dois dias na agenda da instituição/centro/museu/escola/galeria pra uma "des-leitura" de portfolio, e explicar para os artistas por quê não foram selecionados ou em quê podem melhorar? isso sim ia ser um serviço pros artistas emergentes e ainda ia ser uma gentileza pra auto-estima dos coitados que ficaram de fora.

(e, nada a ver com ccsp exclusivamente, mas taí uma coisa que sempre quis saber: de quê adianta você abrir uma convocatória teoricamente voltada pra incentivar a produção de jovens artistas e não dar nenhuma orientação pra eles?).

se não dar pra fazer isso, vamos na opção mais fácil: pedir um envelope selado para quem se inscreve e mandar o portfolio de volta. as convocatórias gringas das quais participei ou pedem um envelope selado ou $$$, para devolução do material.

tem algumas, inclusive, que deixam bem claro "não será permitido retirar o portfolio pessoalmente".


os artista xoxado agradece!

8 comments:

Diário said...

Nummer zwei,ameeei teu texto no suplemento cultural que tu colocou no twitter.E sinto que como leonina me identifico com umas palavrinhas que tu dizes..hehe
Beijo

Sarah Falcão said...

Trabalho com jornalismo cultural e vivo reclamando dos artistas reclamões que ficam falando do sistema, do governo, da imprensa e aquele blablabla todo sem começo e nem fim. Mas você está certíssima! Se é pra apoiar novos artistas, que se apoie direito!

Pí Ême. said...

Engraçado é que o feedback é uma coisa obrigatória em qualquer seleção que se preze nesse mundo. Mas na prática, né? Deixa a pessoa se foder e ficar mal, se achando a pior. Eu ainda tento entender nas minhas psicologias - tô terminando o curso - em como posso ajudar com isso. Mas é foda. É tudo tão foda-se você, melhore sozinho, que nem sei.

Mas vc é boa e eu adoro suas fotos/trabalhos.
Se isso serve de elogio. Pra quem só sabe apreciar do lado de cá.

Tassia said...

Eu acho é um abuso dizer não sem dizer o porquê.
Além do mais, gosto demais de tudo que você faz pra admitir possível alguém não gostar. Sou obrigada a dizer o clichê: azar o deles!

:*

G^By said...

Por gentileza, solicito seu endereço de email para envio de material.

Agradeço e Aguardo.

Aline Santana-jornalista (Búzios-RJ)
alinesansouza@gmail.com
http://www.sortimentos.com/gente/coluna-aline-santana.htm

fine little drops said...

ah bonita!
vc mexeu na ferida!
sabe, sempre me perguntei isso tbm.
cansei de mandar material e recebê-lo de volta com um 'não' enorme carimbado... além do digníssimo fora, vc recebe uma carga de desestimulo enorme... como crescer e melhorar com isso? eu não sei...
bjão e vamos-q-vamo!
=*

Jowzinha said...

N entendi mto o q vc disse, mas td bem!!!

=**, Jowzinha

blabla said...

adelhaide me devendo um post sobre fotografia analógica. não esquecí, hein! rs