Monday, May 03, 2010

a continuação do episódio dos gatos

fiquei algumas horas limpando o estrago do gatos. acabei encontrando um CD véi e mei mofadinho no meio das coisas.

tinha escrito nele: "ao coração que teima em bater".

esse é o nome de uma compilação (nem posso chamar de série, porque foi isso mesmo, uma seleção de imagens feitas entre 2002 e 2005, bem à-toa-mente) que finalizei em 2005.

eu nem lembrava que tinha digitalizado essa compilação, cujas imagens têm escrito em cima trechos de poemas de "carta aos anfíbios", que é o primeiro livro do meu amigo ricardo domeneck. fiz os escritos com tesourinha de unha e giz de cera, sobre prints originais. e scaneei depois.

vou falar: enquanto o fazia, eu não prestei muita atenção nesse trabalho, eu estava tão triste. hoje, sofrendo de outras dores, consegui ver como ele é lindo. eu era tão livre. (recomendo clicar para ver as imagens grandes e ler os poemas. só faz sentido assim).
















1. "ao coração que teima em bater" é um verso de uma música do 4, do los hermanos.
2. mandei uma dessas fotos prum concurso da colors, cujo tema era "what does lust looks like?", em 2005. ganhei uma menção bem da honrosa por um auto-retrato (horroroso!) que fiz com o primeiro leandro, em 2003. no site da colors ainda dá para ver.
3. a verbete selecionou essas fotos para a edição da revista que falava sobre saudade.

13 comments:

Dani said...

Me apertaram o coração. Parece com tanta coisa que tá acontecendo comigo...

Ricardo Domeneck said...

ai 2003 que não descansa em paz.

beijo na tua alma.

r.

Menina said...

Vou te falar, Dr: é seu trabalho que eu mais gostei até hoje. se vc vendesse em algum saldão compraria no ato. amei!

B. said...

é LINDÍSSIMO. nao tenho nem palavras. mas é tanta dor, tanta dor. sublime. só tu mermo, Ivi. pra ser tão foda. bjos!

fine little drops said...

acho que é uma fase na qual todos estamos passando né?! bem q podia passar mais rapidinho...

juotoni282 said...

Bateu lá no fundo e doeu. Mais pelo não vivido, esse que deixa uma saudade mais forte. beijo e continue...

Cíntia Moraes said...

a dor tem uma beleza tão única e você resgata isso com tanta perfeição...

Felipe said...

é realemente lindo. felipe

Jowzinha said...

Ao coração q teima em bater...
Q nem o meu q de vez em qdo bate numa frequencia velha, atrasada, devagar...
Imagens lindas, pensamentos melhores, a união dos dois então criou algo fantástico!!!

=**, Jowzinha

uvox said...

PRECISEI ME DAR O TRABALHO DE COMENTAR nesse post e nessa arte
pq eu achei muito tocante e mereceu os meus parabéns!!

Débora Machado said...

lindo de morrer ivi. meu gosto sempre cai nas belezas mais tristes...
com certeza um dos trabalhos seus que eu mais gostei!

besos
debas

Manuela said...

Nosso Pai, lindas fotos Ivi!amei mt coisa!coloca pra vender no saldão, please!

Tan said...

Saldão! Saldão! Saldão! Saldão!
Tenho uma coleção de imagens de gatos, e todas têm historinhas de onde encontrei, de quem ganhei, essas coisas. Acho que quero uma sua. Roída pelo seu bichano tbm vale. *rs*
Beijo!