Tuesday, July 20, 2010

calma.

7 comments:

Giovana said...

:)

Natalia Venturini Pessutti said...

Isso é um fato ou um pedido?

ava said...

todas as pessoas começam mais ou menos assim: ó, eu não te conheço, mas vim aqui porque... eu também sou uma dessas pessoas e fiquei uns dias sem vir aqui, estou concluindo um mestrado, meio sem tempo e de repente acompanho esse furacão e diante de tantas coisas pensei em outras tantas para dizer. minha mãe costuma falar que as pessoas não tem o direito de quebrar nossas expectativas, nossa confiança, porque a sensação que a gente tem é que a situação nunca é única, que isso vai se repetir e acabamos em um desespero ainda maior. é verdade. quando acontece algo dessa maneira tendemos a acreditar que as coisas nunca dão certo e que nunca mais vai ser possível acreditar em alguém, em histórias. mas será. e uma vez eu li aqui algo do tipo: vai passar; sempre passa. e isso serviu tão bem a mim, e me serve até hoje. espero que sirva agora a você. um beijo. ava.

ava said...

todas as pessoas começam mais ou menos assim: ó, eu não te conheço, mas vim aqui porque... eu também sou uma dessas pessoas e fiquei uns dias sem vir aqui, estou concluindo um mestrado, meio sem tempo e de repente acompanho esse furacão e diante de tantas coisas pensei em outras tantas para dizer. minha mãe costuma falar que as pessoas não tem o direito de quebrar nossas expectativas, nossa confiança, porque a sensação que a gente tem é que a situação nunca é única, que isso vai se repetir e acabamos em um desespero ainda maior. é verdade. quando acontece algo dessa maneira tendemos a acreditar que as coisas nunca dão certo e que nunca mais vai ser possível acreditar em alguém, em histórias. mas será. e uma vez eu li aqui algo do tipo: vai passar; sempre passa. e isso serviu tão bem a mim, e me serve até hoje. espero que sirva agora a você. um beijo. ava.

N. said...

o importante é não perder a cabeça.

No final, tudo passa.

N. said...

o importante é não perder a cabeça.

No final, tudo passa.

maria helena said...

''Mas como fazer se não te enterneces com meus defeitos, enquanto eu amei os teus. Minha candidez foi por ti pisada. Não me amaste, disto só eu sei. Estive só. Só de ti.''

Clarice,

me pareceu relevante.