Thursday, July 22, 2010

dear mr. tillmans,

(antes de mais nada, eu quero dizer uma coisa muito importante: o senhor faz aniversário do mesmo dia que eu e madonna o que, de cara, faz do senhor uma pessoa especial).

eu tenho um postal de uma foto do senhor praticamente colada na minha cara.

são aquelas rosas, esprimidinhas no canto direito, uma foto vertical, que o senhor gentilmente tirou em 1994.

em 1994 eu tinha 12 anos e dei meu primeiro beijo, num geminiano que gostava dos beatles. eu tinha 33 kilos e joelhos maiores do que minha prepotência (o que me faz acreditar que talvez, sim, haja (ou já houve) algo maior do que ela).

dear mr. tillmans,

o senhor é um dos meus ídolos.

em 2009 eu tinha 27 anos e tinha dado meu primeiro beijo em alguém que, pela primeira vez na minha vida, disse que me amava antes que eu o dissesse. eu estava em colônia quando comprei um cartão-postal com a foto das suas rosas no canto direito espremidas que o senhor tirou.

comprei no museu ludwig, mr. tillmans.

o senhor representa muita coisa pra mim. me pergunto o que passava na cabeça do senhor quando eu tinha 12 anos e era a fim de um mâno do jaguaré - enquanto isso o senhor ia começando a ser um dos melhores fotógrafos do mundo. (é impressionante que o mundo suporte tantas coisas superlativas acontecendo ao mesmo tempo: um fotógrafo perfeito em ascensão, uma menina apaixonada, o genocídio no sudão. e ainda assim, SEJAMOS HONESTAS, ninguém dá a mínima para essas congruências).

quando eu tinha 12 anos, o senhor tinha 26. e fico aqui me perguntando: onde quero chegar com minha incompetência?

foi um pouco totalmente inacreditável quando vi o senhor hoje na pista de dança da festa de ricardo:

all star preto
meinhas pretas
bermuda preta
camiseta preta
por dentro da bermuda

eu estava bem mais bonita que o senhor, isso posso dizer, com cabelo solto e batom rosa.

mas é que o senhor, mr. tillmans, estava fumando na pista.

era a única pessoa da festa com essa regalia.

o senhor é wolfgang tillmans e estava fumando na minha frente.

4 comments:

yuji said...

o mais sublime das fotos de tillmans é que nada é mais sublime do que a própria vida, nem mesmo as fotos sublimes de sublimes vidas.
pairar sobre a fotografia a partir do próprio dispositivo fotográfico é um processo corajoso e que rechaça qualquer cinismo frente às imagens. e não dá pra ser cínico quando se trata de vida.

belo texto o teu.

yuji said...

o mais sublime das fotos de tillmans é que nada é mais sublime do que a própria vida, nem mesmo as fotos sublimes de sublimes vidas.
pairar sobre a fotografia a partir do próprio dispositivo fotográfico é um processo corajoso e que rechaça qualquer cinismo frente às imagens. e não dá pra ser cínico quando se trata de vida.

belo texto o teu.

maris said...

queria te dizer que mr tilmann, madonna, você e minha mãe fazem aniversário no mesmo dia [verdade] e por isso vc é muito especial para mim também ^^

Jowzinha said...

Eu n sei o q dizer de td isso!!!
Mas essa história foi fantástica!!!

=**, Jowzinha