Tuesday, August 24, 2010

fale com a sarna

no princípio era tudo verbo
ou, melhor dizendo,
um blablabla sem fim.

escreveram até um livro grosso a respeito.

mas a verdade é que se não houvesse judas,
não haveria jesus essesímbolo.
e se para mim, jesus, não houvesse benigno,
não teria recebido a mim mesma como agora me ganho:
toda santificada pela própria insolência.

eu digo não até dizer não e faço questão de ser igual àquilo que disseram ser a razão do mau destino que é o que eu já era porque sim.

eu só não consigo entender ainda o dilema da pele,
onde habita e de que se constitui a antítese da pereba.

e esse corpo em expansão sobre qual perdi todo o controle.














(esse post é pra marcar que ontem eu vi "fale com ela" de novo e que hoje é o lançamento da coletânea de crônicas antonio maria, livro no qual participo com um texto chamado "a sarna" ).

7 comments:

tatiana said...

Guriaaaaa, como é bom tê-la de volta... como está o coração? a alma? td esse sentimento?
Se quiser marcar um café, uma pizza um "churras" pra gente conversar é só marcar q pego um avião e vou do sul até aí!!! :p

Bjuuuus

Jowzinha said...

No princípio n era verbo.
Era lógos!!!
=P

=**, Jowzinha

dramaqueen said...

Ivi, não é pra publicar esse coment. Eu só queria te contar uma coisa sobre o meu alemão, mas queria que fosse por email.

ps: dói muito

anyelle camilotto said...

você é maravilhosa, tô apaixonada pelo teu blog. nunca me identifiquei tanto com nada, mesmo mesmo mesmo mesmo mesmo.

hoje você conquistou uma leitora fiel.

Pois é, Poesia said...

Adorei a crônica Sarna, que li na Antologia; daí vim parar aqui.

Mariane,
from Hellcife.

manu said...

quero ler!!

alias, amei as fotos!

jÃM paulo said...

Bom!