Thursday, October 07, 2010

memorial descritivo do nada

estou aqui a finalizar um material para mandar para mais uma convocatória da qual serei gongada e, no meio da feitura de um memorial descritivo do qual particularmente estou bem orgulhosa, me perguntei:

mas tem fotógrafa brasileira que fotografa homem, no brasil?

quer dizer, fotografar boy aqui nessa terra ainda significa ter que ter uma estética gay e estar ligada a esse gueto - mas não é uma estética gay extreme, tipo slava mogutin, ou admirador apaixonado, tipo walter pfeiffer. é um gay morgado, mermo, estilo abílio diniz de bilola dura no pantanal.


foto do slava mogutin


lorcan (esquerda) fotografado pelo walter


lorcan fotografado por mim


eu fotografo homem bonito desde 2002. serve eu, ivi?

não, porque não posso me usar como referencial teórico - só que eu já estava cansada de citar nan goldin, corinne day, frida kahlo.

só me restou citar vânia toledo.

o ensaio dela de 1979, chamado homens, é horroroso. mas pelo menos alguém o fez. homens é um exercício desnecessário de retorno ao clássico, uma vez que mapplethorpe (sim, o homem do chicote no cu) já havia feito a mesma coisa, muito bonitamente, naquela década (o legal era que ninguém esperava isso dele, que fez fama com polaróides e, bom, com o tal do chicote).


foto de mapplethorpe (eu prefiro mil vezes as polaróides e o chicote no cu)

portanto, esse exercício de corpos esculturais em luz difusa clicado no preto-e-branco já não era mais necessário. e vânia não conseguiu executá-lo com um discurso próprio. parecia que ela estava fazendo um dever de casa da escola de fotografia.

infelizmente, vânia é mais conhecida por esse trabalho, porque ela tem coisa muito melhor. os retratos que ela fazia quando não estava trabalhando (ao menos, oficialmente) eram simplesmente maravilhosos. as fotos que ela fez de caetano veloso e ney matogrosso, especialmente, nunca sairam da minha cabeça. nem as de sônia braga (mas é foto de mulher para mulher e a gente não está falando disso).


olha que liiiiindo!

é uma pena que o site dela seja muito ruim para visualizar as imagens e que o google images dê tão poucos resultados quando a gente dá uma busca nela. para quem viu, a expo dela na pinacoteca, uns dois anos atrás, foi a melhor expo de fotografia que vi por lá da qual tenho lembrança.´




ps: o leitor felipe (quem é tu, felipe, que não dá pra ver teu perfil?!) fez entrevista com ela, ela falando de outro boy incrível, o granda roy stiuarti. ó:

4 comments:

Felipe said...

Ivi, dá uma olhada na entrevista que eu fiz com a Vania Toledo:

http://www.youtube.com/watch?v=miCY2fVxnOI

Adorei fazer, ela foi super simpática. Pena que só teve 163 visitas... Coloca no seu blogue para ter milhões de acessos!

besos

Bernardo said...

Minha amiga me mostrou seu blog, sugerindo que eu pedisse a sua ajuda '=) Tenho lido alguns dos seus posts nos últimos dias antes de pedir sua ajuda, mas agora realmente não posso ficar calado: eu também fotografo uns meninos! Mira -> http://www.flickr.com/photos/bad-and-ugly/sets/365160/

Felipe said...

Felipe GUTIERREZ.

S.Ribeiro said...

Adelaide, mais uma vez te comento porque é impossível eu não me divertir com teu blog. Pena que não tem como seguir, para que eu pudesse divulgar a algumas mentes plácidas que eu conheço. A última foi a foto do Mapplethorpe que você citou aqui... fora o chicote no rabo, o cara parece ser muito digno. Seu senso de humor (se há algum) faz meu blog parecer mais órfico que ele já é. Agradeço por espaços como este existirem... Me sentiria mais sozinho ainda sem eles. Fora este papo furado e do avesso, beijos pra você.