Saturday, November 06, 2010

tragic

1.

tem esse homem lindo comendo manga na minha frente
mas eu ouvi wild horses

2.

semana passada ele me perguntou qual o nome da nossa relação e eu disse: que relação?

mas era mentira, era mentira.

eu queria dizer:

o nome disso é "encantamento cartógrafico por pele", "dependência emocional por boas fotos", "acordamento perfeito", "infinite sadness por não conseguir me apaixonar por você".

3.

se ao menos eu tivesse te conhecido primeiro.

menino,

tu és tão vaidoso como eu
tão fotografável
tu dormes tão lindo
rangendo os dentes
e tendo pesadelo
que eu acalmo com orgulho de mulher
passando os dedos bem de leve
nas tuas costas equinas
olhando minhas articulações galoparem do fim da tua coluna até os primeiros fios de cabelo perfeito da tua nuca perfeita
de manhã bem cedinho
sob a luz leitosa que faz em são paulo quando chove

se ao menos eu tivesse te conhecido primeiro,
te poria ferraduras,
te selaria,
e te manteria são e salvo no meu estábulo.

4.

tem esse homem lindo
de regata branca
comendo manga na minha frente

mas os rolling stones me levaram de volta a colônia

e eu fiquei de queixo caído
pensando em armin

ele, alheio à minha indiferença
eu, com ódio do destino.

11 comments:

A garota said...

"infinite sadness por não conseguir me apaixonar por você" é a mais perfeita. Mas olha. Calma. Calma que com o tempo você pode até conseguir. Se ele quiser também. Tá tudo muito recente ainda. E Wild horses não vai tocar sempre.

vodca barata said...

"e wild horses não vai tocar sempre".

e 2010 vai acabar e eu vou tirar o calendário de frida da parede.

é tão triste...

Jediroma said...

porra! entendi bem esse negócio.

"se ao menos eu tivesse te conhecido primeiro,"

mas a culpa é do armin. não, na verdade não. é dos stones e seus cavalos selvagens

http://cuca-cult.blogspot.com/2010/07/licao-do-dia.html

2011 ta aí, acredite. eu tirei 2009 da parede e deu certo.

seu problema talvez só será lidar com mangas depois.

bjos

S.Ribeiro said...

Ivánova, adorei estes teus escritos. E guardei um pouquinho desta con(v)fu(l)são dentro de mim, que não podia me apaixonar. No seu caso o caminho é o de dar certo. Mas quem escreve por nós? Vivendo pra saber...
Bjos

Marília said...

ai, que lindo
tuas costas equinas...
sob a luz leitosa que faz em são paulo quando chove

muita poesia!

Jeanne said...

"Acho que na minha vida
De tanto amarem errado
Quando me amam bonito
Eu já nem sei ser amado"

Thays M. said...

"ele, alheio à minha indiferença
eu, com ódio do destino."

Meu deus, como é bom se encontrar em palavras alheias!

blogfn said...

"infinite sadness por não conseguir me apaixonar por você" Meu deus, como é bom se encontrar em palavras alheias! [2]hahah Adoro seu blog :*

Alice said...

Calma!! Tenha paciencia e de uma chance ao rapaz..Nada acontece por acaso! Estou torcendo por vc!

A.Leão said...

Ja leio o seu blog ha mto tempo e queria dizer que amoo de paixao e as vezes me vejo no que vc escreve.Tb sou nordestina,minha avo é a coisa mais importante do mundo para mim, apaixonei por uma alemao e por ele larguei tudo( o que nao foi uma decisao facil).Hj moramos no Canada entre choques culturais e felicidade.
Espero mesmo que vc seja muito feliz e quem sabe com esse alemao,que nao é o Armin,mas pode ser um grande amor.Se vc sentir que vale a pena,da uma chance :)
Um grande bjo!

JuLLy.LaCeRDa. said...

como é bom se encontrar em palavras alheias (2) !
amo teu blog,putz!
fica com deus!muaaa