Tuesday, May 22, 2012

work in progress #7

eu devo dizer aqui mesmo sabendo que dizer isso nao é legal, que eu nunca quis fotografar um transmann, simplesmente porque nao consigo entender como alguém pode nao querer ser mulher. eu acho que temos muito mais potencial pra ser interessantes do que um homem hahaha mas isso claro faz parte da minha idiotice, e dos preconceitos que eu tenho e dos quais nao me orgulho e tento consertar.

assim que, quando michael me escreveu, fiquei feliz, claro, pela iniciativa dele, mas meio de bode com o destino. estava muito mais interessada no universo de alguém que é uma mulher por dentro, uma pessoa com quem eu teria muitos mais pontos de identificacao. mas bom, o destino, esse moco pimpao, maaaais uma vez e como sempre me ensinando coisas, mesmo quando nao as quero aprender.

e lá fui eu, com minha yashica emprestada, encontrar com michael e kai. me deparei com dois punks, do mesmo tamanho que eu, e muita, mas muita vontade de contar sua história. nao me encantei com nada, e exatamente por isso tenho certeza que encontrei as pessoas perfeitas pro meu projeto, e pra minha evolucao como pessoa.

os dois vêm de famílias destrambelhadas, nao tinham amigos nem eram aceitos nos vilarejos dos quais vieram (michael, dos arredores de bonn e kai, dos de hannover). tiveram namorados gays que nao os aceitavam, e namorados heteros que tampouco, até que se encontraram, duas meninas meninos por dentro. e juntos comecaram o processo de hormônios, terapia e mudanca de documentos. michael já tem todos os documentos e se prepara pra operacao. ele tem 24 anos. kai ainda espera pela mudanca oficial de nome e tem 22.

eles vivem longe de casa, moram juntos num apartamento que tem 24 metros quadrados e a impressao que tenho é que eles vivem num filme de amor caótico, meio "nós dois contra o mundo".

essas sao as fotos do nosso primeiro encontro, num café em kreuzberg.




pra ler o work in progress #6

3 comments:

Belisa said...

Que lindos cara! fiquei emocionada!

Verson Souto. said...

Amo que você compartilha de fatos e experiências únicas e pessoais que, de certa forma, colabora com um dia mais feliz e mais inspirador para mentes "debochadas" de seus simples leitores *-*

Sempre quis dizer que sou seu fã, aliás, já trocamos alguns comentários há muito tempo atrás, quando eu vinha aqui com mais frequência - sem contar que uma vez eu te dei um leve OI pessoalmente na Casa de Criadores sem me identificar, enfim...blá,blá,blá,blá,rasgação

Um Beijo,

Verson Souto

vodca barata said...

hahahaha verson, que bonitinho teu comentário! outro beijo pra tu

e belisa! :**