Tuesday, January 22, 2013

brest, abertura da expo

minha única câmera digital, uma snapshot de 3 megapixels e muitos anos de vida, finalmente quebrou, pra minha infinita tristeza (ela fez o video dessa série, por exemplo, ao qual nutro grande estima haha). ela quebrou bem no dia da vernissage, o que fez com que as fotos assim ficassem:


o povo

mais povo

a presidente e a curadora do centro de arte

a parede central da minha expo sem dar pra ver direito (ha)


quando as fotos oficiais (haha) sairem, mostro aqui.

1 comment:

jéssica e maurício da silva said...

ivi! parabéns.
eu gostei da sua parede de adelaides, mesmo sem ver com precisão. nem precisa!

abracin