Tuesday, January 12, 2010

da ausência

é um sanduíche de lonjura
com tanta água no meio
que eu de tão longe nem percebi
o que acontece quando a gente des-está.

(antes era o verão por dentro e por fora)

e meus olhos, despresentes,
testemunharam não a neve que caiu.

por dentro e por fora.

agora eu sei.

40º de ternura não derretem
-40º do gelo da distância.

§

em córdoba, em julho, das 8h da manhã às 8h da noite, fazia 40°. eu passava nessa ponte todo dia.



quando vi essa foto no der spiegel, hoje, fiquei sem acreditar. nunca imaginei que a andaluzia pudesse ficar assim.



não pude deixar de pensar em como as coisas mudam quando a gente se ausenta.

12 comments:

Bella said...

Ivi, já leu isso da Clarice Linspector?

Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presenca. Mas às vezes a saudade é tao profunda que a presenca é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificacao inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

Ju Augusta said...

Descobri teu blog e virei fã.

Sei não onde descobri. Mas, pô, chegou em boa hora.
Tô viciada lendo os posts mais velhos.

E já tava toda fã e descobri que tu é de Caruaru (né?). Ai, pronto, deu a mulesta! Além de tudo é conterrânea.
Descobri pq vi tu usando a palavra 'pirraia'. Ai pensei, essa é das banda de cá.

Os textos tão massa. As fotos tão massa.

Virei fã. Pronto. Falei!

Chero

Alessandra - Lain said...

E também como a gente muda, quando está ausente.

Valéria Pedrochi said...

Dos posts mais lindos de todos os tempos.

Tão lindo que nem tem muito que comentar. Lindo e doído...

Valéria Pedrochi said...

Dos posts mais lindos de todos os tempos.

Tão lindo que nem tem muito que comentar. Lindo e doído...

Valéria Pedrochi said...

Dos posts mais lindos de todos os tempos.

Tão lindo que nem tem muito que comentar. Lindo e doído...

Natalia Venturini Pessutti said...

Não diga isso, que me dá um aperto!

Marimar said...

I believe..
que a ternura pode SIM esquentar -40º de distância! Com poucas e objetivas palavras ditas no skype...
Skype foi inventado exatamente pra isso!!!!
É verão no Brasil, tem um verão invencível dentro de quem quiser, já dizia Camus.
Outra coisa, ta um frio desgraçado na europa...calamidade publica! é foda manter a animacao num frio de rachar desses! mas umas palavrinhas quentinhas de ternura, ajudam e muito, tem me salvado na verdade! :) mais que a yoga, juro!!
boa sorte
bjinhos
Mari

FiL said...

é..

Jowzinha said...

Lindo e maravilhoso!!!

Déa Paulino said...

Ivi,
Conheço bem o frio congelante das ausências. Terminei o post sentindo vontade de te abraçar.
Que voltem logo a primavera e o verão.
Beijo!

Sarah Falcão said...

Queria saber dizer isso da forma como você diz. Lindo.