Friday, July 30, 2010

a segunda taça de vinho da sexta

rioja (denominación de origen calificada).
la feria.
tempranillo.
2009


é espanhol e eu comprei no supermercado da schönhauser allee por 2,39 euros. porque, minha querida, para uma dor barata, um vinho barato.

ademais, não pensar com clareza não é um privilégio dado a mim pelo vinho. eu só bebo vinho para não ter que prestar atenção na falta de clareza. forgive me the personality, diria a poesia.

tá tudo tão bagunçado ao meu reador que eu aqui, feito empregada doméstica preguiçosa encostada na porta da cozinha e dali olhando a TV da sala enquanto passa a reprise da novela, com essa vassoura e essa pá conceituais nas mãos, olhando, pensando por onde começar a arrumar:

a vida ou o meu quarto?

decidi encher a taça mais uma vez e parar com as perguntas difíceis. e colocar uma etta james-zinha pra tocar (afinal, pra quê complicar se eu posso complicar mais ainda, não é mesmo?).


a única coisa que consigo pensar agora, com segurança, é o segundo seguinte: "agora eu vou respirar". "agora eu vou levantar e calçar umas meias".

a vida me sacode tanto que não consigo sequer planejar um jantar.

3 comments:

Mari Maciel said...

eu to aqui na segunda xícara de chá de menta da sexta!
eu planejo, pra ver se dá! apliquei pra uma oportunidade na alemanha... será que vamos ser vizinhas?
aqui em portugal um vinho de dois euros , e ainda denominação de origem controlada é quase um luxo...
cheers!
:*

Tassia said...

Nada como as sacudidas que de cara parecem ruins mas depois dão bons resultados...

Jowzinha said...

É como já dizia Raul Seixas:
O mundo como um cachorro eu vejo.
Qdo ele n aguenta mais as pulgas se livra delas no saculejo.

=**, Jowzinha