Saturday, July 23, 2011

a morte de amy me pegou aqui com a vitamina de laranja a meio caminho da boca. o jornal sobre a mesa, as notícias catastróficas, o café fumacando esperando minha atencao.

eu fiquei triste com a morte dela, mas nao mais do que fico com todo mundo que morre sozinho. pior do que morrer é nao se perceber vivo, e acho que a pobre amy terminou seus dias sem nem notar que ainda estava aqui.

a morte de amy me deixa triste mas nao me choca mais do que as 87 pessoas que morreram em oslo, e as outras 160 em mumbai, e as 5 ontem em damasco, o homem assassinado aqui perto de casa...

fico chocada é com o tempo que as pessoas perdem olhando o facebook dos outros e publicando merda a granel no twitter, todos os dias. basta uma lidinha no jornal pra saber que importantes sao as coisas importantes.

5 comments:

Fê Resende said...

TE AMO ASSIM EM LETRAS GIGANTES.

Fernanda T. said...

Boa!

S.Ribeiro said...

Ae Ivanova cheia de verdades... Por isso te lemos! Beijos!

donnanina said...

FATO!!!!
Sabe oq sempre me choca em casos como o da linda Amy? A "alegria" doentia das pessoas ao comentarem da desgraça! Já reparou no sorriso de canto de alguns?
Que me-do! Quem gosta deseja o melhor para a pessoa, não que continue caminhando para o pior...
Tenso...
Sobre o facebook, afff, to deletando o meu... sem paciência para taaaaaaaaaaaanta egotrip!

The dignity of movement of the iceberg said...

se a morte da amy pudesse nos lembrar as mortes nao desejadas nem individualmente provocadas e outros danos colaterais no mundo, chapeau my cowboy!