Sunday, May 27, 2012

e a marcha das vadias, gente?

juro que nao fiquei sabendo (shame on me) de nada, senao teria divulgado aqui. se houver meia dúzia de representantes do al-femea que tiverem ido, em qualquer cidade do brasil, favor contar um pouquinho nos comments! :)

ano passado compareci à marcha que teve em recife, e fiquei meio deprimida, porque por causa de teimosia a marcha acabou perdendo seu foco e no dia seguinte os jornais nao falaram nada sobre as questoes que a marcha se pretende a levantar, senao sobre a "bagunca" causada na conde da boa vista.

espero que algumas de vocês tenham ido e aproveito pra fazer um mea-culpa por nao ter falado nada sobre a nova data, tô passada.

aqui, dois links sobre o assunto:
meu amado vitorangelo sobre as bicha e as vadia, um texto muito bonitinho.
e xico sá sobre vadias históricas do brazeel.

update:
minha amiga clarissa mandou um pequenino relato de como foi em recife, e umas fotos. os vídeos eu nao consegui abrir :(

Ami, 
Fomos na marcha ontem: eu, raquel e Ratton. Foi massa. Foi bonita, tinha muito mais gente do que no ano passado, estava mais animada, mais criativa. Sempre tem micro confusões do tipo ocupar ou não as duas faixas, ou fechar o cruzamento. Porque tem gente que acredita no potencial dessas atitudes, enfim... Mas não houve nada grave. Foi mesmo bonito. 


Acho que essa onda de neo-movimentos, mobilizações internéticas e mesmo as coisas que o movimento pelos direitos urbanos (#ocupeestelita) tem feio por aqui, tem agitado mais a cidade. To te mandando fotos e vídeos que fiz para tu (não vai dar em um email só). E você esteve lá comigo. ;) 






6 comments:

carola said...

Aqui em Salvador a Marcha começou na Praça da Piedade, bem no centro, e terminou na igreja matriz, no famoso Pelourinho.
Não sei dizer quantas pessoas haviam, mas fiquei surpresa, achei que seríamos bem menos. A diversidade também me surpreendeu: além de vadias lindas, muitos homens de variadas idades.
Fiquei de cara hoje de manhã com a visibilidade da Marcha nos jornais locais. Apesar de alguns fotágrafos e jornalistas, os dois principais jornais não publicaram nenhuma foto nossa para ilustrar a meia linha sem graça que publicaram. =|

Clarissa said...

Ami,

Claro que eu fui e tirei fotos e fiz videos para você.
Mandarei tudo já já!
Beijo
C.

Raphael Calixto said...

não sou do al-femea, mas compareci na de bh. o que me espantou mesmo (não costumo ir a passeatas e manifestações) foi a quantidade de pessoas que foram (cerca de só 300, de acordo cas otoridade) e as 2mil e cacetada que disseram que iriam no fb. aliás, como não amar ativistas de fb?

um pouquinho do que eu vi está aqui: http://migre.me/9fgeY

PS. sou seu leitorinho há um tempo, ivi. mas só tive coragem de comentar hoje. não me julgue (muito)

Talita said...

http://escrevalolaescreva.blogspot.com.br/2012/05/o-grande-sucesso-da-marcha-das-vadias.html

Tary said...

Também fui na de BH e achei lindo! Tinha um sentimento de amizade feminina no ar e vários boys legais participaram, de batom vermelho, defendendo as mulheres!
Aqui, um texto muito bacana de um deles
http://fritelix.blogspot.com.br/2012/05/obrigado-vadias.html

Beijo gatas

Gabriela Galvão said...

Eu fui na daqi de Vitória. Mta coisa acontecendo pela cidade no dia, o sol resolveu sair depois de tempos... e mesmo assim, deu um povinho até bom.

E falaram estatísticas, cantaram paródias e entoaram gritos, dentre os qais o qe empolgava mais era "A violência contra a mulher/ñ é o mundo qe a gente qer"!

Uma hora um peqeno grupo de idiotas começou a qerer melar a coisa, mas rapidamente isso parou. O povo fotografou mto, mas ñ teve qase 'fiufiu' nojento nenhum.

Qando eu ia até a concentração, pensei no tanto qe a coisa é séria. Fui de legging e maiô 'engana mamãe', mas botei um regata por cima pq ñ me senti à vontade para ir sem a blusa andando pelo bairro.

Tinha gente do movimento negro, do lgbt e uns meninos simplesmente caminhando entre nós.

Foi bonita e gostosa.