Sunday, September 13, 2009

106. em resumo

dois estranhos a caminho do bar.

tudo que eh demais eh demasia e pesa. amor tambem. chega uma hora em que na estrada aparece uma bifurcacao e a vida, essa moca faceira, solicita uma escolha.

dois estranhos sentaram no bar.

e falaram brevemente.

quer dizer, como o de costume,
ela mais.
ele menos.
mas com que exatidao.

concliu que nao ha o que fazer.
eh isso e pronto:
quem tem medo de mar?

contra mar tem aviao, barco e bóia.

voltaram pra casa bebados e felizes. ja nao se estranhavam mais.

4 comments:

Denise said...

Mas como assim, mulher? vc tá na Alemanha, agora? Volta pra Itália, que italiano é tutto buona gente! rs

Marina said...

Eu sou bem mulherzinha.
E como mulherzinha, quando nessa situação, também chorei, hesitei, refleti e duvidei. E dai que eu resolvi mandar tudo a merda e não saber o que tinha além da curva.
E demorou CINCO anos (!!!) prá eu chegar do outro lado da estrada. Andei bem devagar, admito...
E agora que eu cheguei, estou me preocupando com o que tem do lado de cá - por sinal, muito melhor do que eu esperava que tivesse.

Tudo vai depender de você. Dele. De muita sorte. Muita paciência. Muito altruísmo. Um pouco de grana. Zero ciúmes. Zero insegurança (impossivel!). MUITO amor.

Mas é possível ;)

Paula said...

Que haja amor enquanto houver mar...

Torço por tu, sempre.

Um cheiro.

Natalia Venturini Pessutti said...

Meu Deus!!! Seu blog tá parecendo novela mexicana!!! Tô aqui arrancando os cabelos pra saber cenas do próximo capítulo!!! Mas tá ficando triste demais... Fica na Alemanha...