Monday, March 06, 2017

bios das 18 autoras publicadas no #3 do MPPF!

por ordem de aparecimento no zine (as bios das poetas brasileiras foram enviadas pelas próprias, as bio das poeta gringa (e de maria firmina) a gente pegou do wiki):


Audre Lorde - Audrey Geraldine Lorde (EUA, 18 de fevereiro de 1934 - 17 de novembro de 1992) - foi uma escritora caribenha-americana, feminista interseccional, mulherista, lésbica e ativista dos direitos civis.

Nayane Nayse (Afogados da Ingazeira, sertão de PE, 27 de novembro de 1995) é poeta.

Katia Borges (Salvador, BA, 1968) é jornalista e escritora. Publicou 'De volta à caixa de abelhas" (As letras da Bahia, 2002), "Uma balada para Janis" (P55, 2009), "Ticket Zen" (Escrituras, 2010), 'Escorpião Amarelo" (P55, 2012),  'São Selvagem" (P55, 2014) e "O exercício da distração" (Penalux, 2016). Tem poemas nas coletâneas "Roteiro da Poesia Brasileira, anos 2000" (Global, 2009), "Traversée d'Océans – Voix poétiques de Bretagne et de Bahia" (Éditions Lanore, 2012) e na "Mini-Anthology of Brazilian Poetry" (Placitas: Malpais Rewiew, 2013).

Cheryl L. Clarke (EUA, Washington DC, 16 de maio de 1947) é uma poeta lésbica, ensaísta, professora, ativista no feminismo negro: vive em entre New Jersey e New York. Junto com sua companheira, Barbara Balliet, é dona da Bleinheim Hill Books, um sebo especializado em livros raros.

Jarid Arraes (Juazeiro do Norte, sertão do CE, em 12 de Fevereiro de 1991) é escritora, cordelista e autora do livro “As Lendas de Dandara“. Atualmente vive em São Paulo (SP), onde media o Clube da Escrita Para Mulheres e o Clube Leitura Independente. Até o momento, tem mais de 60 títulos publicados em Literatura de Cordel, incluindo a coleção Heroínas Negras na História do Brasil. www.jaridarraes.com/sobre

Sóror Juana Inés de la Cruz (México; San Miguel Nepantla, 12 de novembro de 1651 — Cidade do México, 17 de abril de 1695) foi uma religiosa católica, poetisa e dramaturga nova-espanhola mexicano-espanhola. Foi a última dos grandes escritores do Século de Ouro.

Ravena Monte (Iguatu, CE, 29 de abril 1989) é produtora cultural, baixista na banda Vai Acordar o Pivete, guia de turismo e poetisa. Atualmente mora em Fortaleza, tem dois livretos publicados pelo projeto Performance Poética, no SESC Crato: "Troco poesia por cafuné" e "Pelo direito de ir e rir". Formada em Letras pela URCA.

Cecília Floresta (São Paulo, SP, 1988) é sapatão *NOTA DA EDITORA: PQP QUE BIO!!!!

Simone Brantes (Nova Friburgo, RJ, 1963) vive no Rio de Janeiro. Publicou o livro Pastilhas brancas (7Letras, 1999). Teve poemas incluídos em antologias como Roteiro da poesia brasileira anos 90 (Global, 2011) e A poesia andando: treze poetas no Brasil (Cotovia, 2008). Seus poemas e traduções de poesia foram publicados em jornais e revistas como O Globo (Página Risco), Revista Piauí, Inimigo Rumor, Poesia Sempre, Polichinello, Action Poétique e Lyrik Vännen.

Gabriela Pozzoli (são paulo,  SP, 1991) fruto de pai pescador e mãe cigana,  em outro, painho e mainha são guerreiros, em todos planos, para todos os efeitos, metade sereia e marinheiro. formou-se (no útero, mas além) em ciências sociais pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

Pat Parker (EUA, 1944 – 1989 Houston, Texas) foi uma poeta lésbica feminista afro-americana.

Maria Firmina dos Reis (São Luís, MA, 11 de outubro de 1825 — 11 de novembro 1917) foi uma escritora negra, considerada a primeira romancista brasileira.

Jéssica Rosa (Itaíba, PE,  03/04/1989). Mora em Recife. Estudante da UFRPE. Ariana com Vênus em Áries e uma famigerada lua em Peixes. Poeta em construção.

Gabriela Mistral (Chile, Vicuña, 7 de abril de 1889 — Nova Iorque, 10 de janeiro de 1957), foi uma poetisa, educadora, diplomata e feminista chilena, agraciada com o Nobel de Literatura de 1945.

Raphaella Marques/Raphissima (Belém, PA, 9/11/1987). Jornalista, poeta, mestra em Artes/UFPA, pesquisa sobre Corpo, Estética e Cidade, fazendo atravessamentos entre os campos da Arte, Filosofia e Comunicação.

Lorraine Paixão (Serra, ES, 16 de junho de 1993), é capixaba, preta e lésbica. Estudante de jornalismo e metida a poetisa, mantém o blog Idiossincrasias no Sofá que é atualizado com poesias e contos escritos ao longo de suas vivências e experiências. Além de literatura, produz também crônicas e reportagens no medium.com/@lorrainepaixao.

Ana Luiza Gonçalves (Belo Horizonte, MG, 1986). Mora em BH, é formada em Jornalismo e além de atuar na área, faz intervenções poéticas, procurando trabalhar o poema como linguagem de resistência e enfrentamento da mulher.

Maiara & Maraisa ė uma dupla sertaneja formada pelas irmãs gêmeas Maiara Carla Henrique Pereira e Carla Maraísa Henrique Pereira (São José dos Quatro Marcos, MT, 31 de dezembro de 1987).

Merle Woo (EUA, São Francisco, 24 de outubro de 1941) é uma acadêmica, poeta, escritora e ativista asian-american. Woo é professora de Estudos LGBTQ e Mulheres Asian-American na Universidade de Berkeley, California.



ps: gente, qual a tradução correta e politicamente sensível do termo "asian-american"? alguém sabe? :)




No comments: